A ascensão e os desafios dos veículos verdes a hidrogénio no México



O setor logístico é uma das fontes mais importantes de emissões de gases de efeito estufa no México; Os veículos de transporte, como camiões e carrinhas, são responsáveis ​​por grande parte destas emissões.

Nos últimos anos, assistimos a um boom no desenvolvimento de tecnologias de transporte limpas, como os carros verdes a hidrogénio.Estes veículos utilizam hidrogénio como combustível, que é produzido a partir de fontes renováveis, como a energia solar ou eólica. (Foto: Privado)

A crescente adoção de veículos a hidrogénio verde no México apresenta desafios e oportunidades para o setor logístico. Alguns dos efeitos mais importantes incluem:

Infraestrutura de abastecimento: A necessidade de estabelecer estações de carregamento de hidrogénio exige a reconfiguração da infraestrutura logística. Isto significa novos investimentos, mas também abre as portas para alianças estratégicas entre fornecedores de hidrogénio e empresas de logística.

Distribuição e comércio eletrónico: Graças à autonomia e velocidade de carregamento dos carros a hidrogénio, as empresas de distribuição e comércio eletrónico podem beneficiar de frotas mais eficientes e sustentáveis, o que por sua vez pode melhorar a experiência do cliente.

Formação e especialização: O surgimento do hidrogénio verde exige especialistas formados para gerir, manter e distribuir esta nova tecnologia, o que significa uma oportunidade para centros de formação e universidades oferecerem programas especializados.

O desenvolvimento de veículos a hidrogénio verde ainda está numa fase inicial e os principais desafios são:

Custo dos veículos: Os carros verdes a hidrogénio são mais caros que os carros convencionais.

Falta de infraestrutura de recarga: Atualmente existem muito poucas estações de recarga de hidrogênio no México.

comentários

comentários