Ação coordenada com empresas transformará a Edomex:GEM



A governadora Delfina Gomez Alvarez confirmou que o projeto de transformação do Estado do México será construído em cooperação com o setor empresarial, para valorizar a entidade de bem-estar e progresso, onde se incentiva o investimento e a inovação, sem esquecer o eixo básico da administração estatal que visa garantir o desenvolvimento da população mexicana.

A presidente do estado ressaltou que o desenvolvimento econômico é um elemento de estabilidade e paz social, por isso reafirmou seu apoio aos empresários mexicanos (Foto: Exclusivo).

“Convido-vos a aproveitar este momento histórico para aderir a um futuro em que empresários, governo e cidadãos trabalhem lado a lado para promover o investimento, incentivar a inovação e criar um ambiente de negócios igualitário e competitivo, sem perder de vista o facto de que as pessoas estão no centro de todas as nossas ações”, disse o Chefe de Estado.

Ao empossar os membros do Conselho de Administração do Conselho de Câmaras e Associações Empresariais do Estado do México (CONCAEM) para o período 2023-2024, a professora Delfina Gomez destacou que o governo do estado servirá como facilitador para a chegada de investimentos e a criação de fontes de empregos bem remunerados, porque o desenvolvimento económico é um elemento de estabilidade e de paz social.

Além disso, afirmou que estão a ser feitos trabalhos para melhorar a digitalização dos procedimentos, eliminar intermediários, aumentar a transparência, combater a corrupção e reduzir o tempo dos procedimentos, além de reforçar a segurança no sector e melhorar as infra-estruturas e serviços comerciais. .

A Governadora Delfina Gomez apelou à comunidade empresarial mexicana para condenar os actos de corrupção e sublinhou que as portas do seu governo estão abertas para os ouvir e trabalhar em equipa.

Da mesma forma, reafirmou a confiança da administração do Estado no sector empresarial como agente de mudança e observou que o crescimento económico não deve deixar de lado a identidade e a riqueza cultural dos 125 municípios do México.

Ao abrigo destes princípios, o Chefe de Estado disse que o investimento directo estrangeiro será incentivado para aumentar a criação de emprego e aumentar as receitas em divisas, além de estimular a concorrência e estimular a utilização de novas tecnologias para as exportações.

“O seu sucesso traduz-se não só em crescimento económico, mas também em empregos públicos, comunidades mais fortes e oportunidades justas para todos”, disse ele.

A governadora Delfina Gómez destacou que a CONCAEM será uma aliada para o crescimento econômico da entidade, bem como para o empoderamento e melhoria das condições de vida do povo mexicano, por isso expressou seu apoio a esta organização comercial e desejou-lhe o maior sucesso sucesso. Para a nova diretoria.

“Hoje, vemos este Conselho como um aliado estratégico para o crescimento económico do Estado do México, mas também um aliado para o bem-estar das comunidades, famílias e todos os cidadãos mexicanos para capacitar as pessoas e melhorar as condições de vida dos nossos cidadãos, ”, disse a professora Delfina Gomez.

O chefe do executivo estadual sublinhou que para criar condições para o desenvolvimento social e económico estão a ser implementadas obras como o comboio intermunicipal México-Toluca “El Insurgente”, que já funciona na sua primeira fase; Trem suburbano Aeroporto Internacional Lecheria Felipe Angeles (AIFA); Trólebus Chalco-Santa Martha; Além do início de operação da estação de purificação de água Madín II, medidas que estão sendo implementadas em cooperação com o Governo do México chefiado pelo Presidente Andrés Manuel López Obrador.

Acrescentou que também estão em curso trabalhos para fortalecer o corredor logístico industrial entre a Cidade do México, Hidalgo e o estado do México, Santa Lúcia, o que permitirá o crescimento económico da região ligada à AIFA.

A Governadora Delfina Gómez também identificou algumas das vantagens competitivas que o Estado do México desfruta, como a sua localização geográfica estratégica, os seus pontos fortes no setor logístico e, o mais importante, um povo capaz de cumprir a missão de avançar juntos.

“A capacidade de servir não é apenas uma frase, é um guia que define a nossa relação com o setor empresarial. O governo deve atuar como um facilitador, um aliado estratégico que trabalha em harmonia com as suas necessidades e desafios. Nesta colaboração estratégica, nós reconhecemos que, ao apoiar os empreendedores, construímos um caminho para o desenvolvimento sustentável.

Ao falar, Laura Gonzalez Hernandez, Ministra do Desenvolvimento Económico, indicou que, com instruções da Governadora Delfina Gomez, estamos a trabalhar em estreita colaboração com o sector empresarial, ouvindo as suas necessidades, prestando-lhes atenção e resolvendo-as, conforme explicou que 95 Por cento do estado da economia do México depende de pequenas e médias empresas, que são o sustento de milhares de famílias.

A responsável da SEDICO acrescentou que estão a ser feitos trabalhos para consolidar o pilar económico do plano de desenvolvimento do Estado, por isso afirmou que trabalharão nos próximos dias para garantir uma participação ampla, inédita e empenhada do sector empresarial na construção deste plano, de forma a ouvir as vozes de todos, e colocar o cidadão no centro das decisões e políticas públicas.

Em seu discurso, Mauricio Masud Martinez, Presidente da CONCAEM, destacou a importância da cooperação existente entre o governo do estado mexicano e o setor empresarial, ao apoiar o compromisso de trabalhar para fortalecer o Estado do México como o melhor lugar para investir, viver, crescer, gerar oportunidades de emprego e poder servir o povo do México.

O protesto decorreu no âmbito do evento “Encontro Empresarial: Empreendedores de Quinta Geração e a Transformação da Empresa”, que inclui painéis de interesse para empresas como: “Finanças Estratégicas e Estratégicas”; “Histórias de Vendas”; e “IA e sua empresa”.

O evento contou com a presença de Horacio Duarte Olivares, Secretário Geral do Governo; Andrés Andrade Tellez, Ministro da Segurança; Macarena Montoya Olvera, Ministra da Saúde; Norberto Morales Poblete, Ministro do Trabalho; Miguel Angel Hernández Espejel, Ministro da Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação; Juan Carlos González Romero, Ministro da Assistência Social; Carlos Jesús Maza Lara, Ministro do Desenvolvimento Urbano e Infraestrutura.

Além de Peter Homberg Lehmann, Vice-Presidente de Gestão Interna da CONCAEM; María de Lourdes Medina Ortega, Gilberto Souza Martínez, Alberto Canol Juárez e Enrique Ugarte Dornbier, ex-presidente e ex-presidentes da CONCAEM; Além de representantes locais, empresários e outros.

comentários

comentários