free web hit counter

Colegio Mexiqueense participa da Feira Internacional do Livro de Guadalajara



O Colégio do México iniciará sua participação na Feira Internacional do Livro de Guadalajara a partir de sábado, 25 de novembro, primeiro dia do encontro editorial mais importante da América Latina, com quatro mostras de livros, uma conferência, uma exposição e a venda de seu catálogo em os suportes K15 e K17.

Ele fará quatro apresentações editoriais de notícias e uma conferência. A coleção editorial será apresentada e vendida com descontos nas plataformas K15 e K17: Margarita Vázquez Castillo

No atendimento inicial, às 17h, o livro estará exposto Feriados, religiões e culto. Do sistema antigo às expressões contemporâneas, coordenado pelos historiadores María Teresa Jarquín Ortega e Gerardo González Reyes, e que será comentado por Francisco Velázquez Fernández, do Colégio de Jalisco, e José Antonio Álvarez Lobato, Secretário Geral e responsável pelo Gabinete da Presidência da República Mexicana Faculdade. .

Enquanto isso, no domingo, dia 26, às 13h, o público terá novidades sobre os livros Relações sociais na Cidade do México. Reconstruir ligações entre o capital social e as plataformas de comunicação em rede através de métodos mistosCom a coautora Annedelis Rodríguez Brito e comentários de Jorge Ramírez Plasencia da Universidade de Guadalajara.

Às seis e meia da tarde do mesmo dia, Armando Trujillo Herrada, coordenador do livro Sistemas de informação geográfica para arqueólogos. Repensando o espaço nos contextos arqueológicos mesoamericanosSusana Ramírez Urrea, da Universidade de Guadalajara, e Rodrigo Solínes Casparius, da Universidade de Illinois, comentarão o conteúdo do trabalho.

Na segunda-feira, dia 26, às cinco horas da tarde, no Salão 1 da Área Internacional, Cesar Camacho, professor, pesquisador e ex-presidente do Colégio Mexicano, proferirá palestra na conferência intitulada “Constitucionalismo de Estado no Século XIX Século”.

Por fim, no sábado, 2 de dezembro, às 13h, Antonio de Jesús Enríquez Sánchez apresentará seu livro Uma festa religiosa e de devoção popular. Vale Ixtlahuaca-Atlacomulco durante o século 21. Os comentaristas serão Patsy Sarahi de la Cruz Clemente, da UAEMéx, e Francisco Velasquez Fernandez, do El Colegio de Jalisco.

Margarita Vasquez Castillo, chefe da unidade de desenvolvimento editorial da fundação, explicou que o fundo editorial ultrapassou os 700 títulos, dos quais podem ser baixados livros de pesquisa porque são de acesso gratuito e também oferecem descontos significativos ao longo do ano.

Considerou-se que o ano de 2023 foi muito fecundo, pois a presença institucional na comunidade aumentou com apresentações nos municípios de Ixtlahuaca, Temoaya, Tenancingo, Tejupilco, Toluca e Zacazonapan, nas Faculdades de Ciências Humanas e de Planejamento Urbano e Regional da UAEMéx, como bem como a Unidade 151 da Universidade Pedagógica Nacional.

Ao longo dos anos, o Colégio Mexiquense doou mais de vinte mil livros a bibliotecas públicas, escolas e organizações cívicas como a Associação Mexicana de Historiadores Municipais.

Referindo-se aos anos da pandemia da Covid-19, disse que a instituição conseguiu fazer face à emergência ao nível da venda de catálogos com a biblioteca digital aberta há anos e mostras virtuais de livros, bem como o distanciamento da participação em feiras do livro .

Vázquez Castillo destacou a presença do El Colegio Mexiquense nas feiras internacionais do livro do Estado do México, na Universidade UNAM e nas feiras do livro de antropologia e história, além da 13ª Feira do Livro de Ciências Sociais e Humanas, que organiza pesquisa e ensino. Centro.

Entre as novidades editoriais deste ano estão os títulos com curadoria dos historiadores María Teresa Jarquin e Gerardo González Reyes, fruto do simpósio Santos, Devoções e Identidades, além de No campo da opinião. A impressão e a nova cultura política (1820-1823)Escrito por Elba Chavez Lomeli; Diagnóstico nacional e índice de violência contra meninas e mulheres no MéxicoEscrito por Mario Luis Fuentes; Mapeamento Mixtec. Estudos interdisciplinares de regiões e sociedades, coordenado por Manuel A. Herman Lijarazo, E. A história das mulheres e do gênero no México. Diversos espaços e experiênciascuradoria de Margarita Vásquez Montaño e Elizabeth Cejudo Ramos.

Grade para texto

Ele apontou para o status de publicação científica da revista Economia, sociedade e território E o interesse despertado pela popular revista Corpus21e pode ser acessado gratuitamente na página Rede Institucional.

comentários

comentários