Duas pessoas envolvidas em roubos violentos de transporte público no Vale do México estão ligadas ao julgamento



Duas pessoas presas em atos distintos estiveram vinculadas ao processo, uma vez que a Procuradoria Geral do Estado do México (FGJEM) aprovou sua possível intervenção nos roubos e violências cometidas no transporte público ocorridos nos municípios do Vale do México .

Eles foram presos em cumprimento à ordem de prisão expedida contra eles (Foto: Exclusivo).

Em um caso, a autoridade judicial de Ecatepec decidiu iniciar um processo judicial contra Donato “N”, que iria despojar os usuários da unidade de transporte público da Rota 44 de suas propriedades no dia 27 de julho de 2020. Um ato ilegal registrado naquele município . No dia dos fatos, o detido e outra pessoa embarcaram no referido veículo de transporte público e ameaçaram as vítimas com arma de fogo para a prática do roubo.

Enquanto o Ministério Público apresentava provas contra Arturo “N”, o juiz decidiu vinculá-lo ao roubo violento de transporte público cometido em 27 de dezembro de 2022, no bairro São Francisco Tebujaco, no município. Cuautitlán Izcali.

Como resultado da investigação conduzida pelo Ministério Público de Edomex, foi apurado que a pessoa detida hoje e outra pessoa embarcaram em um veículo de transporte público na rua Hidalgo, no referido bairro e a poucos metros da frente, e subjugaram os usuários, utilizando uma arma de fogo; Eles então supostamente roubaram suas propriedades. Durante o assalto, os envolvidos podem ter ferido um passageiro.

Em ambos os casos, foram iniciadas as investigações pertinentes e, à medida que avançavam, foram identificados potenciais envolvidos, para os quais foi solicitado um mandado de prisão. A polícia investigadora prendeu-os e deu entrada no centro prisional e de reinserção social.

Os detidos devem ser considerados inocentes até que seja emitida uma condenação contra eles.

comentários

comentários