Edomex, com baixa inclusão financeira



O estado do México caiu um passo em termos de inclusão financeira, ficando em 24º lugar no Índice de Inclusão Financeira Citibanamex. Edição de 2023, onde o primeiro lugar é a Cidade do México.

A entidade mexicana permaneceu na parte inferior da tabela durante os últimos sete anos. Em 2022 ele estava em 23º.

Uma mulher não identificada insere um cartão de crédito em uma máquina de bilhetes de metrô
Os caixas eletrônicos são um indicador (Imagem: Pixels).

Os indicadores que medem a inclusão financeira são números: contratos que utilizam mobile banking, dispositivos de ponto de venda, caixas eletrônicos, correspondentes bancários, estabelecimentos que possuem pontos de venda, agências bancárias comerciais, transações em pontos de venda, cartões de débito, contas poupança, contas Transações tradicionais, cartões de crédito, crédito total, transações de contas e transações em caixas eletrônicos.

“Os números da Comissão Nacional Bancária e de Valores Mobiliários mostram que em 2022, os indicadores de inclusão financeira avançaram, na sua maioria, em relação a 2021”, salienta Citybanamex.“Os melhores resultados encontram-se nos contratos de mobile banking, com um crescimento de 19 por cento. , É um indicador que inclui a tendência de maior digitalização dos serviços bancários. No país, as transações com cartões de crédito e caixas eletrônicos aumentaram 8% cada, acrescenta. Em contrapartida, os indicadores de inclusão financeira ligados aos POS registaram quedas significativas em 2022. Destaca-se a contração de 16% nos estabelecimentos que possuem POS, também a queda de 16% no próprio POS e a queda de 7% nas transações em POS. . “A elevada oferta destes dispositivos no mercado por agentes não bancários explicaria o impacto negativo que estes indicadores de inclusão financeira têm apresentado nos bancos comerciais, em particular”, explica o relatório.

O estado do México está entre os estados com baixa inclusão financeira. O número de agências é de 0,97 agências e 4,6 caixas eletrônicos por 10 mil habitantes. A média nacional é de 1,22 e 6,43, respectivamente. Possui ainda 80,22 pontos de venda por 10 mil adultos e 51,77 estabelecimentos com pontos de venda, valor também inferior à média nacional (121,49 e 69,68).

O único indicador em que o Estado do México mostra que está acima da média nacional é nas dotações, onde se situa em 3.364 por 10.000 adultos, com uma média nacional de 2.842.

Mesmo nestas condições, existem vários municípios mexicanos com inclusão financeira “muito elevada”, localizados entre os 125 municípios mais bancarizados do país: Mitepec – 35º do país – Naucalpan de Juárez – 60º – Valle de Bravo, Huixquilucan, Tlalnepantla, Toluca — localização 106 — e Texcoco — localização 123 —.

O município mexicano com menor nível de inclusão financeira é Luvianos

comentários

comentários