Eles prenderam potenciais suspeitos envolvidos em roubo de transporte público






Quatro pessoas presas em diversos atos foram vinculadas ao processo, após o Ministério Público do Estado do México (FGJEM) reconhecer seu possível envolvimento no crime de roubo cometido em transporte público, devido aos fatos ocorridos no município. . De Chimalhuacan e outro em Tlalnepantla.

O judiciário iniciou processos judiciais contra María “N”, Marcos Antonio “N” e Luis Ángel “N”, que em 7 de novembro embarcaram em um veículo de serviço público na Rota 102, na rua Pinion, no bairro Saraberos de Chimalhuacan; Os potenciais perpetradores ameaçaram os utilizadores com imitações de armas de fogo, foram despojados dos seus bens e depois tentaram fugir, mas foram detidos por agentes da polícia.

Em outro caso, o Ministério Público apresentou provas contra Alejandro “N”, e por isso a autoridade judiciária decidiu vinculá-lo a um violento assalto a transporte público registrado em 7 de novembro no bairro Tinayo, na capital. Município de Tlalnepantla. No dia dos acontecimentos, esta pessoa e outras duas pessoas embarcaram na unidade de atendimento público e teriam ameaçado os passageiros até que entregassem seus bens e dinheiro.

Em ambos os casos, foram iniciadas as investigações relevantes e os potenciais envolvidos foram apresentados ao Ministério Público, sendo depois colocados à disposição do Juiz do Centro Prisional e de Reinserção Social, que os vinculou ao processo.

Os detidos devem ser considerados inocentes até que seja emitida uma condenação contra eles.

comentários

comentários






Artigo anteriorEles recuperam um veículo com relatório de roubo atual
Próximo artigoRoubo é o crime que mais atinge a Edomex