Eles realizam uma operação para impedir a invasão do bloqueado Passo Mexibús



O governo da professora Delfina Gómez Alvarez intensificou as operações de segurança nos municípios de Ecatepec, Toltitlán, Nezahualcoyotl e Telanipantla.

Participam as Secretarias de Segurança e Mobilidade; Está implementado nos municípios de Ecatepec, Tultitlán, Nezahualcoyotl e Tlalnepantla. (Foto: Privado)

Com o objetivo de evitar a invasão de veículos particulares no estreito corredor do sistema de transporte coletivo Mexibús, reduzindo assim os mais de 1.200 acidentes registrados este ano.

Daniel Sebaja Gonzalez, Ministro da Mobilidade, enfatizou que as operações são de natureza convincente e estão sendo realizadas em cooperação com a Secretaria de Segurança do Estado do México. Os moradores foram instados a não invadir a passagem confinada de Mexibús.

A informação oficial será prestada na data em que começarem a ser aplicadas as penalidades previstas no Regulamento de Trânsito. Isso inclui multa de 20 UMAS (Unidades de Medida e Atualização), equivalente a 2.074 pesos, ou no caso do artigo 118, inciso IV, multa de 20 UMAS mais transporte do veículo até o armazém.

O Ministro dos Transportes lamentou a continuação deste tipo de acidente que expõe os mexicanos ao perigo. Ele instou todos os atores rodoviários a respeitarem o direito de passagem em Mexibús e as regras de trânsito para evitá-los.

Por sua vez, Andrés Andrade Tellez, secretário de segurança, confirmou que a operação visa agilizar o transporte dos usuários do Mexibús e conscientizar sobre a importância de respeitar as passagens confinadas. Como essas unidades possuem pontos cegos, as chances de acidentes aumentam.

A implantação é coordenada pela Polícia Estadual e busca prevenir o furto do transporte de passageiros e evitar sua recorrência, além de priorizar medidas próximas para manter a segurança do cidadão.

comentários

comentários