Explorando a Revolução Mexicana no Estado do México, 1910-1920



O Arquivo Histórico do Estado do México foi palco de um discurso revelador do historiador José Antonio Gutiérrez Gómez. Ele convidou o público a se aprofundar nos 12 documentos protegidos em arquivo que lançam luz sobre a Revolução Mexicana na entidade.

O historiador José Antonio Gutiérrez Gómez convida você a conhecer os 12 documentos protegidos pelo Arquivo Histórico. (Foto: Privado)

José Antonio Gutiérrez Gómez, autor de A Influência do Movimento Armado no Estado do México, 1910-1920, foi o responsável pela direção da conferência. A sua experiência neste tema permitiu-nos lançar luz sobre dados sociais, económicos e financeiros básicos e sobre a participação de figuras proeminentes no movimento revolucionário.

Na palestra, Gutierrez Gómez destacou a participação ativa do Estado do México e de Toluca na revolução. Andrés Molina Enriquez, natural de Jilotepec, aparece como um dos pioneiros deste período turbulento que deixou sua marca na história mexicana.

O historiador observou que durante o período de 1910 a 1920, Toluca testemunhou o caos político, económico e social. Isso interrompeu o desenvolvimento iniciado com José Vicente Velada como governador do estado. A cidade caiu em virtual estado de sítio, sendo ponto de encontro de forças federais e estaduais, criando um clima de terror constante.

Gutierrez Gómez destacou as difíceis condições que a população viveu naqueles anos, incluindo a fome, a violência, os ataques e a epidemia de gripe espanhola que ceifou milhares de vidas.

Com a premissa de que “nem todos os revolucionários foram para a revolução, e nem todos os que dela participaram foram revolucionários”, o historiador explora a atuação dos grupos de bandidos surgidos nesse período.

Ele convida você a explorar os 12 documentos preservados no Arquivo Histórico que oferecem uma visão detalhada daqueles intensos dez anos da Revolução Mexicana no Estado do México.

O Arquivo Histórico, localizado no Centro Cultural Mexicano de Toluca, funciona de segunda a sexta, das 9h00 às 18h00. Oferece uma oportunidade única de mergulhar na história revolucionária da região.

comentários

comentários