Inauguração da estação de tratamento de água Madín II, beneficiando 155 mil moradores



O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, a Governadora do Estado do México, Delfina Gomez Álvarez, e o Primeiro Ministro da Cidade do México, Martí Patriz Guadarrama, iniciaram a operação da estação de tratamento de água Madín II, no município de Atizapán. de Saragoça.

O líder do país sublinhou que esta medida é o resultado do diálogo com o povo do México e da boa gestão dos recursos. (Foto: Privado)

Esta estação beneficiará 155 mil moradores em ambas as entidades. O Presidente sublinhou a cooperação entre os três níveis de governo na construção desta estação, sublinhando a sua importância no fornecimento de água aos residentes destas duas regiões.

Ressaltou que seu governo, apesar das deficiências, continua trabalhando sem abandonar nenhum município do estado do México ou do país.

Por sua vez, a governadora Delfina Gómez destacou que esta medida é o resultado do diálogo com os moradores e da gestão eficaz dos recursos. Não há dúvida de que esta central, que produzirá 500 litros de água potável por segundo durante a estação das chuvas, melhorará o abastecimento deste recurso vital à população do México.

Germán Martinez Santoyo, Diretor Geral da Comissão Nacional de Águas, disse que uma das prioridades do Presidente é abordar questões relacionadas com a água para superar lacunas históricas que afetam grupos vulneráveis ​​e garantir o seu direito humano de acesso à água. A usina Madín II tem um valor de investimento superior a 500 milhões de pesos e contribuirá com 500 litros por segundo para 155 mil moradores.

Esta planta, juntamente com Madín I, fornecerá um total de 1.000 litros por segundo durante a estação chuvosa. Esta inauguração representa um avanço significativo na melhoria do abastecimento de água aos residentes desta região, e é uma resposta tangível a uma necessidade básica da população.

comentários

comentários