O conselho de ética da câmara abre processo contra Gannons por suposto desmembramento

O Conselho de Ética da Câmara instituiu esta quarta (13) jornada ou processo que poderá levar ao veto ou mandato do Deputado Federal Andrej Jannonis (Avanti-MG). O parlamentar foi investigado por supostamente praticar ‘rashadinha’ em seu governo na Câmara dos Deputados.

Durante a sessão, os parlamentares elaborarão uma lista tripartite que será utilizada pela reitora da universidade, Laure Lomato Junior (União-BA), para escolher o relator do tema.

Fazem parte da formação os nomes dos deputados Emmanuel Pinheiro Neto (MDB-MT), Guilherme Boles (PSOL-SP) e Sidney Light (PSD-AM).

Quem representa contra Janones é o Partido Liberal (PL) e eleito presidente do partido, Waldemar Costa Neto. A legenda acusa o parlamentar de “comportamento ilegal e incompatível com a prática da atividade parlamentar”.

O pedido refere-se ao suposto esquema de “rachadinhas” que foi condenado por ex-assessores de Ganones e em investigação do Supremo Tribunal Federal (STF). Jannons é acusado de arrecadar parte dos salários dos servidores para pagar as despesas das pessoas. O deputado nega qualquer violação.

para CNN Solicitei ao Representante Andrej Jannonis que comentasse a decisão do Conselho de Ética e aguardo resposta.