O desperdício de alimentos no México chega a 100 bilhões de pesos anualmente



No México, mais de 10 mil toneladas de alimentos são desperdiçadas anualmente, o que representa 37% da produção agrícola do país, segundo dados do governo federal.

Além disso, informações da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) no México indicam que o custo das vítimas e perdas ascende a mais de 100 mil milhões de pesos.

Da mesma forma, foi explicado que se os alimentos desperdiçados fossem recuperados, poderiam alimentar 7,4 milhões de pessoas que sofrem de pobreza extrema e escassez de alimentos no México durante semanas.

É por isso que os gestores de restaurantes e albergues relatam que evitam o desperdício todos os dias, fazem os alimentos necessários, reciclam alguns produtos e fornecem alimentos que já não são vendidos aos sem-abrigo.

O governo federal conduziu um estudo que mostrou os números do desperdício de alimentos divididos em grãos básicos de 24,0% feijão e 46,0% arroz.

Além disso, são desperdiçados 37,0% do leite, 39,0% da carne de frango, 40,0% da carne suína, 34,8% da carne bovina, 54,0% dos peixes e frutos do mar, além de um terço da produção de camarão.

Nas frutas e vegetais, os números chegam a 54,0% de abacate, 28,8% de tomate, 32,0% de cebola, 41,0% de melancia, 57,7% de goiaba, 54,5% de manga e 49,0% de maçã.

comentários

comentários