free web hit counter

O “Toluca Coffee Shop Passport” será lançado em dezembro



Em dezembro deste ano foi lançado o Passaporte do Café Toluca, uma iniciativa para promover o consumo local de café no município de Toluca e cidades vizinhas, buscando criar um roteiro completo e oferecendo descontos aos participantes deste exercício.

Ana Vega, porta-voz da iniciativa, explicou que atualmente participam 16 instituições de Toluca, Metepec e Zenacantepec, que oferecem prioritariamente o café do Estado do México, pois há municípios produtores, entre eles Temascaltepec e Amatepec, e outros do Estado do México. Ao sul da entidade, o exercício busca então difundir o consumo desse produto como oportunidade de geração de renda e aumento de vendas.

Inicialmente, o passaporte pode ser encontrado por 100 pesos; Em contrapartida, será pessoal e oferecerá descontos em cada bebida, produtos promocionais e em alguns casos até bebidas gratuitas, sendo que cada vez que uma pessoa visitar o estabelecimento receberá, tal como no exercício de viagem, um selo e um autocolante de o local visitado.

Alguns dos requisitos para participar da iniciativa são utilizar grãos totalmente rastreáveis ​​como grão principal da sua cafeteria, preferencialmente de origem nacional ou regional; Que passou por altos padrões de qualidade no processo de torra; É preferível que seja assado em uma torrefação local.

Os estabelecimentos participantes podem ser identificados através do portal promocional do Facebook e do Toluca Coffee Passport, sendo que alguns dos estabelecimentos já cadastrados são Remedios bicicafé, Leonora Café Onírico, Scorsese, Espresso and Brew Café, Casa Querol, Figoret, True Coffee e outros.

“O usuário do passaporte poderá ir a qualquer um dos bares cadastrados para comprar um desses passaportes ao custo de cem pesos e a cada hora como se fosse um viajante, receberá o carimbo dos bares quando ele vai e uma atualização especial.

Prevê-se a impressão de pelo menos 5 milhões de passaportes, o que incentivará também a recuperação económica deste sector, que em muitos casos ainda enfrenta os efeitos da pandemia.

comentários

comentários