Prevê-se que haja uma redução no orçamento atribuído ao Ministro do Trabalho






O orçamento destinado ao Ministério do Trabalho do Estado do México prevê uma redução de aproximadamente 60% nos recursos destinados à agência em 2023.

Norberto Morales Poblete, Ministro do Trabalho da entidade, destacou que foi proposto um redirecionamento de recursos, uma das prioridades será ser mais eficiente nos programas em que a agência atuará.

Desta forma, no próximo ano a agência deverá receber 466,5 milhões de pesos, 59,4% menos que em 2023, quando a dotação foi de 149,5 milhões de pesos.

Para que os projetos prioritários sejam analisados ​​para que os projetos de maior impacto na população não sejam negligenciados.

Entre estes programas estão o programa de modernização das 48 escolas de artes e ofícios existentes, planos de formação, bem como um dos projectos que recebeu maior impulso no início desta gestão, o apoio oficial ao desemprego, que consiste num pacote no valor de 50 milhões de pesos a serem entregues numa primeira fase.

No entanto, a decisão da conferência local ainda aguarda a proposta apresentada pelo poder executivo, observou o responsável.

comentários

comentários






Artigo anteriorDeputados aprovam independência financeira da Procuradoria-Geral da República