Prisão de dois possíveis suspeitos de envolvimento em assassinato



Abimelech “N”, Lourdes Juliana “N” e Cesar “N” estiveram ligados a esta operação, depois de a Procuradoria-Geral da República (FGJEM) ter reconhecido a sua possível interferência no homicídio de dois homens, registado em agosto passado, no município. Atlacomulco.

O ataque ocorreu nas ruas do bairro Tirias, nesta área, onde os detidos de hoje iam detonar armas de fogo contra as vítimas quando estas morressem.

Das investigações realizadas por esta instituição, apurou-se que no dia 8 de agosto, tanto as vítimas como outra pessoa viajavam de automóvel e na rua Oyamel, nesta zona, foram interceptados pelos agora detidos, que bloquearam a sua passagem com um caminhão.

Os envolvidos desceram do referido carro e abordaram o carro onde estavam as vítimas que os ameaçaram, ordenando também que seu companheiro abandonasse o local.

A investigação determinou que os potenciais suspeitos entraram no veículo das vítimas e as levaram ao bairro Las Terreas, onde teriam disparado armas de fogo contra elas, resultando em suas mortes.

Como resultado dos acontecimentos acima mencionados, foi iniciada uma investigação e pessoal da Procuradoria Geral do México recolheu provas que apresentaram à autoridade judicial, que emitiu um mandado de prisão para pessoas potencialmente envolvidas.

Os agentes policiais investigadores detiveram estas pessoas e as internaram no Centro de Correção e Integração Social de Oro, onde o órgão judicial decidiu instaurar procedimentos legais contra elas, e fixou um prazo de dois meses para encerrar a investigação complementar e cautelar. Medida de prisão preventiva

comentários

comentários