Sujeitos presos por sequestro rápido



Misael “N” e Mauricio “N” foram vinculados à operação, após a Procuradoria Geral do Estado do México (FGJEM) reconhecer seu possível envolvimento no crime de sequestro explícito para fins de roubo, pois teriam privou-os da liberdade da tripulação do carro e do veículo que transportava 60 toneladas de ração.

Eles foram detidos por membros da polícia municipal de Jilotepec, depois de terem privado de liberdade a tripulação de um veículo de carga, com o objetivo de despojá-los do referido veículo que transportava 60 toneladas de ração para animais de estimação.

Esses fatos foram registrados no dia 17 de novembro na rodovia México-Querétaro, no bairro Encinillas, município de Polotitlán, onde hoje os detidos interceptaram a tripulação de um veículo de marca internacional, montado em dois semirreboques. Misael “N” e Mauricio “N” iriam subjugar essas pessoas e privá-las de sua liberdade.

Ao mesmo tempo, teriam roubado o referido veículo e os semirreboques nos quais foram transportadas as 60 toneladas de croquetes. No momento da fuga, esses indivíduos foram presos por membros da Diretoria de Segurança Pública de Jilotepec.

Ambos os casos foram apresentados ao Ministério Público, que iniciou a correspondente investigação ao crime de sequestro explícito para efeito de furto, tendo sido posteriormente internados no Centro de Correção e Integração Social da região, à disposição da autoridade judiciária. .

O órgão judicial, após análise das provas recolhidas e apresentadas pelo representante social, decidiu instaurar procedimentos judiciais contra estas pessoas, fixando ainda o prazo de dois meses para encerrar a investigação complementar e justificar a medida cautelar de prisão preventiva.

Os detidos devem ser considerados inocentes até que seja emitida uma condenação contra eles.

comentários

comentários