Uma pessoa foi presa por ferir um jovem colombiano



Agentes da Procuradoria-Geral do Estado do México (FGJEM) cumpriram um mandado de prisão contra Cesar “N”, que era investigado por possível envolvimento no crime de lesões classificadas como agravadas por um jovem de origem colombiana com as iniciais AJSQ, que ia ser espancado dentro de um estádio de futebol no município de Texcoco, no dia 6 de setembro.

Os acontecimentos foram registrados em vídeo e fotos divulgadas nas redes sociais e na mídia.

Esta pessoa foi detida nesta zona e encaminhada para o Centro de Reforma e Integração Social, à disposição da autoridade judiciária que determinará a sua situação jurídica, mas deverá ser considerada inocente até que seja proferida condenação contra ela.

Cesar “N” está sendo investigado pelos acontecimentos registrados no dia 6 de setembro deste ano, dentro de alguns campos de futebol localizados no bairro de La Conchita, no município de Texcoco, onde ocorria uma partida de futebol; Durante isso, o atual detido e outros indivíduos que integravam a mesma equipa iniciaram uma luta contra a vítima com as iniciais AJSQ, da equipa adversária.

Supõe-se que os envolvidos espancaram este jovem, causando ferimentos, tendo os acontecimentos sido captados por uma câmara de vídeo e as fotos foram publicadas nos meios de comunicação social e nas redes sociais.

O Ministério Público de Edomex iniciou a investigação do caso e conduziu diversas investigações. Entre as ações realizadas no dia 25 de setembro, agentes do Ministério Público, em conjunto com elementos da Guarda Nacional (GN), da Secretaria de Segurança do Estado (SSEM) e da Direção Geral de Segurança Pública e Mobilidade de Texcoco, realizaram uma investigação de inspeção. Tecnologia e segurança patrimonial utilizada em campos de futebol, onde eventos poderiam ter ocorrido.

Foram confiscados documentos e computadores contendo informações relativas aos acontecimentos no local, que esta instituição analisou para extrair dados.

comentários

comentários